Tears in Heaven

Essa música já me fez chorar antes, mas com a distância do Luiggi, fica consideravelmente mais forte.

Para quem não conhece a história dessa música, ela foi composta e executada por Eric Clapton. Composta juntamente com Will Jennings, a letra fala da morte trágica de seu filho, Conor. A canção faz parte do álbum Unplugged, vencedor do Grammy de 1993, pela categoria Melhor Álbum do Ano. A própria canção deu a Clapton três Grammys nesse ano, para Canção do Ano, Gravação do Ano e Melhor Performance de Voz Pop Masculina.

No dia 20 de março de 1991, às onze horas da manhã, Conor Clapton (com quatro anos e meio de idade) morreu ao cair da janela do 53º andar de um prédio de Nova York. A empregada deixou a janela parcialmente aberta, e Conor caiu no telhado de um prédio adjacente. Ao saber da morte do garoto, ela sofreu um colapso nervoso e teve de ser sedada e hospitalizada.

A morte de Conor inspirou Clapton a compor Tears in Heaven que, segundo ele, o ajudou a aceitar a perda. Nunca foi planejada sua publicação, mas foi publicada mesmo assim. A mãe de Conor, Lori Del Santo, recusou-se a escutar a canção.

Clapton desde 2004 decidiu parar de executá-la porque é muito emocional para ser executada em público. É uma das músicas mais pessoais de Clapton, mas para surpresa dele, a música virou um hit universal. Ao contrário de seus primeiros trabalhos, essa é uma das canções mais sensíveis e comoventes de Clapton.

Fonte: Wikipedia

Tears In Heaven

Would you know my name if I saw you in Heaven?
Will you be the same if I saw you in Heaven?
I must be strong and carry on,
‘Cause I know I don’t belong here in Heaven.
Would you hold my hand if I saw you in Heaven?
Would you help me stand if I saw you in Heaven?
I’ll find my way through night and day,
‘Cause I know I just can’t stay here in Heaven.
Time can bring your down; time can bend your knees.
Time can break your heart, have you begging please, begging please.
Beyond the door there’s peace I’m sure,
And I know there’ll be no more tears in Heaven.
Would you know my name if I saw you in Heaven?
Would it be the same if I saw you in Heaven?
I must be strong and carry on,
‘Cause I know I don’t belong here in Heaven.
‘Cause I know I don’t belong here in Heaven.

 

Lágrimas No Céu

Será que você saberia o meu nome, se eu visse você no céu?
Seria o mesmo, se eu visse você no céu ?
Devo ser forte e seguir em frente,
Por que eu sei que não pertenço ao céu.
Você seguraria a minha mão se eu visse você no céu?
Iria me ajudar a me levantar se eu visse você no céu?
Eu vou encontrar meu caminho através da noite e do dia,
Por que eu sei que não pertenço ao céu.
O tempo pode te deixar pra baixo; o tempo pode dobrar seus joelhos.
O tempo pode quebrar seu coração, você implorando por favor, implorando, por favor.
Através da porta há paz eu tenho certeza,
E sei que não haverá mais lágrimas no céu.
Será que você saberia o meu nome, se eu visse você no céu?
Seria o mesmo, se eu visse você no céu ?
Devo ser forte e seguir em frente,
Por que eu sei que não pertenço ao céu.
Por que eu sei que não pertenço ao céu.

 

Forte, não? Aposto que você já ouviu essa música, mas se não conhecia o significado, não a achava tão profunda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: