Ver para crer

No último 13 de maio foi comemorado o Dia das Mães. Este foi especialmente diferente para mim, acompanhei o primeiro Dia das Mães da Ana Carla. Ela que é "mãe de primeira viagem", pôde comemorar com todos os méritos essa data que deveria ser até feriado!
Hoje, participando da criação do meu filho posso ver melhor o que é a tarefa de ser mãe. Não é só pelo fato do bebê exigir cuidados, tomar o tempo e o sono, é também pelo fato das mães colocarem de livre agrado as prioridades dos filhos na frente das suas.
Nos poucos dois meses e meio que Luiggi está conosco houveram vezes que ela não dormiu, não comeu, não bebeu e privou-se de outras coisas. Só uma destas coisas já seria o suficiente para deixar qualquer um de mau humor. Mas aqui estamos falando de "mãe", e ela sempre tinha um sorriso para o Luiggi.
É impressionante que eu já tenha caído doente pelo menos duas vezes, faltei ao trabalho, fiquei estressado outras tantas vezes e ela continua sorrindo para nós!
Nas últimas semanas tenho pensado nos filhos que negam as mães, que não as procuram, que as fazem chorar. É claro que há mães e Mães, mas mesmo que a sua não seja exatamente como você queria, que você ache que ela não lhe dá carinho, você provavelmente só ouviu a parte resumida da sua história. Se um dia você for pai, não deixe de participar da criação do seu filho e talvez um dia você entenda a sua mãe.
Nós homens jamais saberemos que sentimento é esse que une mãe e filho.
 
Hoje só irei postar um vídeo que acho impressionante.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: